Marco Paulo
créditos: DR

Marco Paulo guarda no coração o momento em que, após horas de exames, soube que a sua amiga Amália Rodrigues tinha ido visitá-lo ao hospital. Passados 20 anos, ainda recorda esses momentos com emoção.

«Uma pessoa que sai de casa à noite para ir ao hospital ver-me, quando eu estava doente, com cancro, quando mais ninguém do meio musical o fez, só pode ser alguém com uma alma muito grande e reflexo de uma grande amizade. São gestos que não se esquecem nunca», confessa o cantor, lamentando não ter estado presente para a receber. «Estava a fazer exames. Mas avisaram-me logo».

Uma amizade nutrida com uma «imensa admiração».

«Os discos da Amália transmitiam algo especial ao meu coração. Sempre que saía um disco, eu adorava comprar e ouvir logo», lembra Marco Paulo, assumindo que planeia cantar um dos seus inúmeros fados durante o concerto no Altice Arena, a 2 de Dezembro.

«Enquanto eu for vivo, estará sempre no meu coração. A Amália e a minha mãe. Estarão sempre vivas no meu coração», conclui, emocionado, o cantor.

Texto de Rita Leça

Saiba mais na Revista Saúda

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.