O caso da bebé Matilde não deixou o país indiferente e são muitas as partilhas que se fizeram notar nas redes sociais para ajudar a menina. A pequena sofre com atrofia muscular espinhal, uma doença neuromuscular genética que causa atrofia e fraqueza muscular, condição que lhe foi diagnosticada com um mês de vida.

Os pais estão unidos com todas as forças para tentarem ultrapassar esta batalha e ficaram a par de um medicamento que pode salvar a vida da bebé. No entanto, este tratamento só existe nos Estados Unidos e custa dois milhões de dólares. Por isso, os pais usaram as redes sociais para pedir ajuda.

Uma campanha que levou o casal e a menina ao programa 'Você na TV', da TVI, na manhã desta segunda-feira e que reuniu o apoio de muitos internautas, que têm vindo a partilhar o caso.

Os famosos não são exceção e também se têm mostrado sensibilizados com o caso. Depois de Manuel Luís Goucha e do seu marido, foi a vez de Katia Aveiro destacar este assunto na sua conta do Instagram.

"A responsabilidade não é só minha, é de todos... Pensei em não partilhar publicamente esta triste situação (e que não imagino e peço a Deus jamais para sentir a dor destes pais) mas vou partilhar e juntamente com a partilha sublinhar que só pensei duas vezes por uma razão muito simples e por favor não façam julgamentos antes de ler até ao final... Ontem ao ver esta notícia nas redes sociais partiu-me o coração. Tenho filhos estou grávida e tenho sobrinhos que amo mais que tudo nesta vida e quem me conhece sabe que já servi de ponte para ajudar, através do meu núcleo, tanta gente noutros casos, e não foi preciso vir a público para alguém saber isso", começou por escrever.

Além de fazer saber que está a par do caso, a irmã de Cristiano Ronaldo mostrou-se também revoltada com as mensagens que tem recebido de internautas que lhe pedem para fazer chegar o caso a CR7, na esperança de este pagar o medicamento referido.

"Vi muitas pessoas, mas quando digo muitas pessoas é muitas mesmo, a dizer enviem para o Cristiano Ronaldo enviem para a Cristina Ferreira enfim... Encheram a minha caixa de mensagens onde o título era esse mesmo 'Manda ao teu irmão, ele tem e paga'. Que triste ler e pensar que as pessoas põem uma responsabilidade nas costas de alguém de algo que ele não tem responsabilidade só porque tem dinheiro", relatou, destacando o facto do craque português receber imensos de pedidos de ajuda e referindo que a responsabilidade não é apenas de Cristiano Ronaldo.

"Sabem porque digo isto, porque se vocês soubessem dos tristes casos semelhantes que há no mundo de famílias devastadas e que diariamente fazem esses pedidos a ele, não falariam dessa forma. A responsabilidade é dele tal como é de todos nós, que vivemos sobre a mesma terra. É daquele que pode dar um euro é daquele que não pode dar nada mas pode partilhar a notícia, é daquele que ganha mais e pode neste momento despender algo para doar, é do que ganhou uma gorjeta no serviço e pode ofertar aquilo que ele ia tentar poupar este mês, mas mês que vem será melhor se Deus quiser, é daquele que não tem dinheiro mas que tem fé e ora simplesmente a pedir a resolução deste caso, é do estado, é do sistema de saúde, é das leis, é do vizinho, é de quem torce para dar certo", acrescentou.

Antes de terminar, Katia Aveiro disse que "já fez a sua parte" e afirmou ainda que "acredita que vai dar tudo certo". "Juntos somos mais fortes", rematou.

Para saber como ajudar a pequena Matilde, clique aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.