Ana Garcia Martins fez uma publicação na sua conta de Instagram na qual desabafou, uma vez mais, sobre a forma como quem vindo a lidar com a quarentena, ainda mais como mãe de duas crianças.

"Se tivesse de eleger a coisa mais difícil desta quarentena, a resposta saía na hora. Não é o não poder sair de casa, o não poder ver os amigos, o esperar um mês pelas compras on-line. O mais desafiante é mesmo tentar entreter uma criança de 20 meses", começa por sublinhar, referindo-se à sua filha mais nova.

"Eu sei que não podemos queixar-nos, menos ainda das criancinhas que trouxemos ao mundo, mas isto é mesmo uma dureza e só me faz duvidar ainda mais da sanidade daquelas mães que estão com os filhos a tempo inteiro durante anos a fio. Parabéns, são as minhas heroínas, mas desconfio que só aguentam isso com largas doses de álcool", acrescentou, elogiando o trabalho de todas as 'mães a tempo inteiro'.

"É que eu só começo a ficar feliz quando se aproxima a hora de ela ir dormir e sei que vou ter duas ou três horinhas para mim. No outro dia ela estava a fazer a sesta enquanto nós almoçávamos e até desligámos a televisão só para aproveitar aquele silêncio, coisa rara aqui por casa. Quando é que a DGS emite um comunicado a dizer que os putos já podem ir uns dias para os avós?", questiona.

Leia Também: A Pipoca Mais Doce ironiza com impacto do coronavírus nas influencers

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.