Lea T é a primeira transexual a participar na cerimónia de abertura dos jogos olímpicos, onde vai levantar pela primeira vez a bandeira da inclusão social, bem como vai ser porta-voz da diversidade de género, da orientação sexual e também da raça.

A brasileira de 35 anos, ganhou destaque no mundo da moda após ter protagonizado a campanha de inverno da Givenchy, no ano de 2011.

Nesta altura, Lea ainda não se tinha submetido à cirurgia de mudança de sexo, hoje em dia é uma mulher completa e prepara-se para fazer mais um marco na história.

Na entrevista ao BCC Brasil, a manequim referiu que "ainda não posso falar muito, porque é preciso manter a surpresa. Mas a mensagem vai ser muito clara, inclusão. Todos, independente do género, da orientação sexual, cor ou raça, somos seres humanos e fazemos parte da sociedade. O meu papel na cerimónia é ajudar a transmitir esta mensagem".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.