Apesar dos artistas já não venderem os discos que vendiam antes, são muitos os que continuam a lucrar com os investimentos que fazem, como é o caso de Kylie Minogue, que em apenas 10 anos ganhou cerca de 22,4 milhões de euros. Entre 2010 e 2020, a cantora, atriz e empresária australiana de 52 anos, que iniciou uma carreira internacional em 1987 com o lançamento do single "I should be so lucky", viu a sua fortuna pessoal passar dos 39,1 para os 61,5 milhões de euros.

Para além da música, a intérprete de sucessos globais como "Spinning around", "2 hearts" e "All the lovers", que acaba de lançar um vinho rosé com o seu nome, fatura em perfumes, roupa interior, óculos de sol, livros infantis, maquilhagem, relógios e até roupa de cama, cortinados e papel de parede, em parceria com marcas como a H&M, a Sloggi, a Agent Provocateur, a Bamford, a Specsavers e a Coty. Ao longo dos 33 anos de carreira, Kylie Minogue já vendeu mais de 70 milhões de discos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.