A relação de Kylie e Kendall Jenner com o pai, Caitlyn Jenner (ao fim da mudança de sexo) sempre foi um enorme desafio. Recentemente, a imprensa internacional deu conta que as irmãs estariam afastadas da progenitora na sequência da participação desta no reality show - 'I'm a Celebrity... Get Me Out of Here'.

Mas agora parece ter havido uma reaproximação, conforme demonstrou Kylie.

"O meu pai foi o melhor durante o meu crescimento, nunca faltou a um jogo. Levou-nos à escola todos os dias e a nossa escola ficava a 45 minutos e casa", começou por lembrar numa entrevista à Harper's Bazaar.

Só durante a participação no programa é a que a proximidade faltou. "Foi difícil estar sem contacto durante tanto tempo, mas sinto que foi mais difícil para ela porque não nos conseguia ver", revela.

Agora, parece que as coisas seguem um bom caminho, sobretudo depois da publicação de um polémico livro de memórias por parte de Caitlyn. Na altura fez algumas revelações controversas quanto a Kris Jenner, mãe de Kylie e Kendall, com quem esteve casado entre 1991 e 2015, o que gerou discórdias no seio do clã Kardashian/Jenner.

Leia Também: Kylie Jenner como nunca a viu. Empresária protagoniza sessão de época

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.