Kevin Hart ficou no centro da polémica nas redes sociais depois de num espetáculo ter feito uma piada onde chamava "galdéria" à sua filha Heaven, de 15 anos.

O ator e humorista usou a expressão "hoe", que na gíria norte-americana significa vadia, galdéria ou prostituta.

"A minha filha disse-me, 'pai, não gosto mais do Rob, gosto deste menino chamado Tim'. Instantaneamente, na minha cabeça, eu disse, 'a minha filha é uma galdéria", terá dito Kevin Hart, causando a revolta de muitos dos seus seguidores.

Além de ser considerado machista, o artista é ainda acusado de promover preconceito racial já que a sua filha é uma mulher negra.

Perante as duras acusações, Kevin Hart recorreu às suas redes sociais para reagir e esclarecer o tema: "Parem com essa falsa questão. É uma falsa questão que está a ser criada, isto não foi sobre mulheres negras. Não era sobre eu estar contra os negros", terá afirmado o humorista, agora citado pelo jornal Daily Mail.

Quanto ao facto de ter usado a palavra galdéria para se referir à filha, este afirma: "Não chamei a minha filha de galdéria, apenas disse que a atitude dela estava a ser semelhante à de uma galdéria", diz.

Leia Também: Autópsia revela a causa da morte do ator Sean Connery

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.