Um dos momentos mais marcantes de Meghan Markle, quando ainda pertencia ao núcleo senior da realeza britânica, foi quando confessou que "não estava bem" durante a sua jornada pela África do Sul, juntamente com o marido, o príncipe Harry.

Na altura, depois deste desabafo, Kate Middleton terá ficado bastante preocupada com a cunhada, de tal forma que tentou entrar em contacto com ela.

Contudo, os esforços de nada valeram. Segundo a especialista em realeza, Rebecca English, pelo menos dois membros da realeza tentaram ajudar Meghan, contudo não foram bem recebidos.

"O William ficou muito magoado com a insinuação dos duques de Sussex de que ele e particularmente a mulher tinham virado as costas a Meghan", nota ao Daily Mail.

"Na verdade, disseram-me que a Kate - e a condessa de Wessex [Sofia, mulher do príncipe Eduardo, filho mais novo da rainha] - tentaram várias vezes chegar à duquesa, sobretudo depois de se mostrar infeliz num documentário televisivo, mas foram rejeitadas".

Em declarações recentes, Meghan explicou por que motivo fez este desabafo. "Não pensei na resposta. Respondi honestamente. Estava num momento de vulnerabilidade porque estava cansada. Fui apenas eu mesma: sou mãe de um bebé de quatro meses e meio e estamos cansados. Mas penso que gerou burburinho entre as pessoas porque toda a gente quer que alguém lhe pergunte se está bem".

Leia Também: Mensagem de Ano Novo de Harry e Meghan Markle é uma homenagem a Diana

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.