Judite Sousa usou a sua conta de Instagram para defender publicamente José Rodrigues dos Santos, colega de profissão e grande amigo.

Em causa estão as críticas de que o jornalista da RTP foi alvo por ter sido o próprio a noticiar que um dos seus romance, 'Codex 632', irá ser adaptado numa série de televisão.

"O José Rodrigues dos Santos está a ser 'atacado nas estradas da morte' por ter sido ele a noticiar que um dos seus romances vai ser adaptado a televisão.

Agora, é o Zé! Foi ele que deu a notícia porque era ele que estava escalado para apresentar o Telejornal. E depois? Qual é o tema? A resposta é: inveja. A última palavra de Camões nos 'Lusíadas'", defende Judite.

"O JRS é um dos jornalistas mais completos que eu conheço. Excelente repórter. Excelente enviado especial; entrevistador; pivot; moderador de debates; 'anchor' das noites eleitorais. Não precisa da RTP para nada; a RTP é que precisa dele. E só não é líder de audiências às 20 horas porque o TJ tem 60 minutos porque se tivesse 90 a conversa seria outra", destaca.

"A juntar a isso, é um romancista de sucesso. Está traduzido em mais de 30 países. É há seis anos consecutivos o escritor estrangeiro mais lido em França. Quando chegou à Bulgária para apresentar um dos seus livros, tinha no aeroporto à espera a mulher do primeiro-ministro que era sua leitora. Realmente, como se diz na série da Netflix 'O voo do pássaro' estar no topo é um lugar muito perigoso", completa.

Leia Também: Judite Sousa: "Não me venham dizer que me vitimizo"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.