Joaquim, como é que lhe está a correr o ano de 2010?
O ano 2010 começou bem, com um papel numa série aqui nos Estados Unidos, "Parent Wood". Depois, em Madrid, um filme sobre um avião que caiu há 2 anos. A seguir, em Portugal, televisão com o Jorge Paixão da Costa, para "A República", uma série de época. E agora, de volta a Los Angeles, para a rodagem de um filme (chama-se "Mamitas") de um jovem realizador americano, de origem japonesa e inglesa.
Continua a gostar de Portugal?
Eu continuo a gostar de Portugal, é evidente, é o meu país, se bem que este passou a ser também o meu país. Em Portugal, tenho os meus filhos, os meus amigos e gosto de lá estar. Tenho casa em Sintra e adoro lá estar. Ultimamente até tenho lá estado bastante, tenho ido e vindo. Eu habituo-me bem às viagens, não me perturba muito, o que me perturba mais é o fuso horário, o chamado "jet lag", não tanto para cá, mas mais para lá.
Estamos aqui em Santa Mónica junto à piscina do teu condominio. És um nadador habitual de piscina?
Não. Sabes que a piscina é daquelas coisas...Uso a piscina apenas quando quero refrescar-me e apanhar um pouco de sol, os meus filhos é que gostam mais. Eu, aqui, vivo mesmo em frente ao mar, prefiro tomar banhos de mar.
Que tal é a praia de Santa Mónica?
É uma praia enorme. Nem sempre a temperatura da água é a melhor. Para tomar banhos, costumo sair para mais longe. Pego no carro e vou até Malibu, confesso. Mas Santa Mónica é uma praia agradável, com imensas palmeiras. Depois tem aqui uma estradinha que vai à beira da água onde se pode andar de bicicleta. Eu costumo fazer esse percurso. São cerca de 9 milhas, 9 milhas são 14 quilómetros e é um bom exercício.
Joaquim, fale-nos sobre o "ContraLuz", filme que estreia em Portugal a 22 de Julho...
O "ContraLuz" é um filme de Fernando Fragata, que também vive aqui, a pouca distância da minha casa. O Fernando há uns tempos telefonou-me, mandou-me o guião e convidou-me para entrar no filme. Evidentemente, que é um filme que ele fez com pouco dinheiro, mas eu disse "com certeza", gostei do guião e fomos filmar. Filmámos aqui no deserto, perto de Las Vegas. É um filme engraçado e está bem feito. O Fernando tem qualidade e esforçou-se imenso para fazer este filme. Vale a pena ir ver. Conta com a participação da Ana Cristina Oliveira e também da Evelina Pereira.
E agora, uma pergunta obrigatória: como é que vai a sua namorada?
A namorada vai bem, acabei de falar com ela há pouco para Paris. Ela está quase sempre muito ocupada. É assessora de muitos actores. Mas vamo-nos encontrando, aqui e acolá. Enfim, haverá o dia em que vamos arranjar uma maneira de conseguir estar mais tempo juntos, mas para já é o que funciona, é o que se pode fazer e tem sido saudável.
E os seus filhos?
Os meus filhos estão óptimos. A Ana está cada vez maior, está com 7 anos, faz 8 em Agosto. O meu filho Lourenço está um homem, 17 anos, barbudo, muito bom estudante, tem mais um ano na Escola Americana e depois a Universidade. Está a começar a chegar aquela altura, pronto, o filho vai para a Universidade. É giro, é engraçado, tenho estado bastante com eles, vou e venho, mas tenho conseguido, dentro da medida em que posso, vê-los crescer.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.