Jenelle Evans conseguiu uma ordem de restrição contra o ex-marido, David Eason, depois de alegar que tem medo do antigo companheiro devido ao seu "historial de violência".

A informação está a ser avançada pelo E! News, que diz que Jenelle viu o seu pedido ser aceite pelo tribunal esta quarta-feira.

A publicação teve acesso aos documentos legais, onde a atriz apresenta as razões para querer que o 'ex' esteja longe de si. Evans alega que tomou esta decisão "por causa das ameaças recentes, do histórico de violência, do comportamento irregular e da posse de armas". "Temo pela minha vida e pelo bem-estar dos meus filhos", afirma.

Jenelle diz que foi vítima de abuso físico e psicológico e conta que Eason matou o cão da família depois de este ter 'mordido' a filha.

Mas não fica por aqui e alega que o antigo companheiro disse que se mataria caso não se reconciliassem.

O E! News escreveu que David está proibido de ter qualquer tipo de contacto com a ex-mulher e os filhos.

Recorde-se que o ex-casal tem uma filha em comum, Ensley Jolie Eason, de dois anos. A atriz é ainda mãe de Kaiser, de cinco anos, e Jace, de dez, fruto de relações anteriores.

Leia Também: Christina Hendricks e Geoffrey Arend separados após dez anos de casamento

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.