J.K. Rowling, que desde 2010 tem vindo a causar polémica devido às suas declarações preconceituosas sobre a transsexualidade, voltou nos últimos dias a estar 'debaixo de fogo' por ter novamente comentado o tema.

Este domingo, dia 12 de dezembro, a autora da famosa saga Harry Potter usou a sua conta oficial de Twitter para tornar público um comentário considerado transfóbico.

J.K. Rowling partilhou uma notícia do The Times que dava conta de que a polícia começará a registrar violações cometidos por criminosos com genitais masculinos como sendo 'femininos', se esse for o género com o qual se identificam.

"Guerra é paz. Liberdade é escravidão. Ignorância é força. O indivíduo com pénis que te violou é uma mulher", apontou a escritora, que depois desta partilha foi duramente criticada pelos fãs de Harry Potter e pela comunidade em geral.

Eis abaixo a partilha que deu origem à polémica:

Leia Também: Daniel Radcliffe, Emma Watson e Rupert Grint: A 1.ª foto do reencontro

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.