Kevin Hart foi o escolhido para apresentar a próxima cerimónia dos Óscares, que vai decorrer no próximo ano. Perante o anúncio, foram muitos os que reagiram na Internet, mas nem todos ficaram agradados.

Aliás, foram recuperados alguns tweets antigos de Hart, considerados homofóbicos. Além do que escreveu no Twitter, o comediante foi ainda criticado pelas piadas ditas durante um espetáculo, onde referia que queria impedir o filho de ser gay.

“Um dos meus maiores medos é que o meu filho cresça a ser gay. Isso é um medo. Atenção, não sou homofóbico… seja feliz. Faça o que quiser. Mas eu, como homem heterossexual, se puder impedir o meu filho de ser gay, irei fazê-lo", disse na altura.

Siga o link

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.