O homem que forneceu as drogas a Demi Lovato, na noite em que a cantora sofreu uma overdose, garante que a mesma sabia exatamente o que estava a consumir.

Em declarações ao site de entretenimento TMZ, Brandon Johnson referiu que a cantora lhe enviou uma mensagem às 4:00 horas da madrugada a pedir para que regressasse à sua casa. O próprio assegura que lhe comunicou todas as características da droga, na medida em que eram "comprimidos fora do mercado" [apenas disponíveis no mercado negro], e que ambos tinham consciência dos riscos.

Aliás, a publicação adianta que Brandon insinuou claramente que os dois chegaram a consumir em conjunto e que (antes) mantiveram uma relação sexual, facto negado por fontes próximas da artista.

O entrevistado relatou que saiu da mansão da artista entre as 7:00 e as 8:00 horas da manhã e que Lovato aparentava estar a dormir tranquilamente, sem sinais de stress. Entretanto, a estrela foi encontrada inanimada pela sua equipa às 11:30 horas.

Atualmente, Demi Lovato encontra-se numa clínica de reabilitação.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.