Em conversa com o New York Post, Harvey Weinstein confessou que se sente "como um homem esquecido".

"Fiz mais filmes dirigidos por mulheres e sobre mulheres do que qualquer outro cineasta, e estou a falar há 30 anos", acrescentou, afirmando que "foi o primeiro".

"Fui pioneiro! Foi tudo 'estragado' por causa do que aconteceu. O meu trabalho foi esquecido", continuou.

Recorde-se que o produtor continua em tribunal por causa dos crimes de assédio, abuso e violação sexual de que foi acusado por dezenas de mulheres, em 2017.

Leia Também: Harvey Weinstein aparece de andarilho e aparência debilitada em tribunal

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.