O nome de Harvey Weinstein parece estar longe de se afastar de polémicas. Desde outubro do ano passado que o produtor tem sido acusado de abuso e assédio sexual por dezenas de mulheres. Ainda que tenha negado ter tido qualquer tipo de má conduta propositadamente, Weinstein acabou por se entregar às autoridades.

Esta sexta-feira, surgiram três novas acusações contra o produtor, noticia a revista Variety. Melissa Thompson, Caitlin Dulany e Larissa Gomes são os nomes dos rostos que deram voz às denúncias.

A primeira diz ter sido assediada durante uma reunião de trabalho que teve lugar num quarto de hotel. Já Dulany conta que a sua situação terá acontecido em 1996, durante o Festival de Cannes. A terceira vítima revela que o produtor tentou "beijá-la à força" durante uma reunião que aconteceu em 2000.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.