O príncipe Harry está "constantemente" preocupado com a possibilidade da mulher, Meghan Markle, vir a morrer da mesma maneira que a mãe, a princesa Diana, morreu, nota uma biógrafa real.

Angela Levin, que chegou a entrevistar o duque de Sussex para o seu livro - 'Harry: Conversations with the Prince', comentou a nova série documental produzida por Harry sobre a saúde mental para a AppleTV+.

"O quão terrível é o Harry estar constantemente a pensar que irá perder a Meghan como perdeu a Diana e culpar o racismo", escreveu Levin na sua conta de Twitter esta segunda-feira, dia 24 de maio. "Para além disso, não se consegue livrar da ameaça que Meghan fez em tirar a própria vida. A vida dele parece demasiado pesada e devia afastar-se do seu papel enquanto palestrante", notou ainda.

Estes comentários são referentes às confissões de Harry no referido projeto intitulado - 'The Me You Can’t See'. "O que a impediu de seguir em frente foi ver o quão injusto seria para mim, depois de tudo o que aconteceu com a minha mãe, ser colocado numa posição de perder outra mulher na minha vida, com um bebé dentro dela, o nosso bebé", confessou o príncipe na altura.

Foi precisamente o estado mental de Markle que levou Harry a afastar-se da realeza britânica num processo que ficou conhecido como 'Megxit'.

Leia Também: Rainha Isabel II está "profundamente chateada" com o príncipe Harry

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.