George Harrison viveu uma vida colorida, além do seu sucesso com os Beatles. Uma personagem multifacetada, Harrison começou a interessar-se muito por jardinagem e produção de filmes numa fase posterior e era, acima de tudo, um homem muito espiritual.

Depois de quase ter sido assassinado em 1999, viveu mais dois anos, morrendo com a idade relativamente jovem de 58. As suas últimas palavras para a esposa Olivia Harrison, umas muito simples “amem-se uns aos outros”, são simbólicas da vida que ele viveu e das suas crenças.

Clique na galeria a seguir para saber mais sobre a vida do venerado “Beatle discreto”.

Leia Também: Atores que melhoram sempre um mau filme

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.