Manuel Luís Goucha não ficou indiferente à recente polémica que motivou duras críticas a Olavo Bilac. O músico esteve debaixo de fogo depois de ter atuado num jantar do partido Chega e de ter posado numa selfie ao lado de André Ventura.

Olavo já fez um esclarecimento público nas suas redes sociais onde lamenta que a sua atitude tenha ofendido o público, pede desculpa e nega ser apoiante do Chega.

Perante as palavras do músico, Manuel Luís Goucha quis publicamente manifestar a sua opinião.

"Olavo Bilac actuou num jantar do Chega. Trabalho é trabalho... (e não bonda para os artistas) depois tirou uma foto e pelo visto foi arrasado nas redes sociais a ponto de se ter visto obrigado a dar explicações no seu instagram. A única coisa que vejo de errado nesta foto é o facto de não ter sido respeitado o distanciamento físico", começou por defender o apresentador, que assume ter uma opinião controversa sobre o tema.

"Pois eu, tanto tiro uma foto com André Ventura como com Catarina Martins, se mo pedirem, claro, e a metro e meio de distância de cada um. Já agora uma pergunta, que estou de férias e posso ter perdido alguma coisa: já não vivemos em Democracia? (Agora podem-me arrasar à vontade ... que não dou explicações. Já chega", completou.

Leia Também: Olavo Bilac reage a polémica e nega apoiar o Chega: "Percebo que errei"

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.