Armani com as suas modelos na Semana da Moda de Milão (Foto: EPA/Lusa)

Giorgio Armani, criador da capa de toureiro que provocou a espetacular queda de Madonna na gala dos Brit Awards 2015, em Londres, veio a público defender a sua obra e responsabilizar a cantora.

“Madonna, como nós sabemos, é uma pessoa muito difícil. Essa capa tinha uma pregadeira, que se abria facilmente, e ela quis um laço, que depois não conseguiu desatar com as mãos. Foi isso o que aconteceu”, disse Armani aos jornalistas à margem da Semana da Moda de Milão, onde esta semana apresentou a sua nova coleção feminina outono/inverno.

Em todas as suas declarações sobre o assunto, Madonna escondeu sempre o pormenor de ter sido ela a exigir o perigoso laço na capa – omissão que, obviamente, não agradou ao famoso costureiro.

“Armani decepcionou-me. A minha magnífica capa estava demasiado apertada” – escreveu a diva da pop no Instagram, logo a seguir ao acidente.

Veja (ou reveja) as fotos da queda de Madonna.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.