Na nova temporada de 'Soy Georgina', o seu programa na Netflix, Georgina Rodríguez faz diversas revelações. Uma delas é referente ao difícil período que se seguiu depois de ser mãe de Bella Esmeralda, cujo irmão gémeo, Ángel, morreu no parto.

"Admiro-o [a Cristiano Ronaldo] e, sobretudo este ano, comecei a admirá-lo ainda mais. Depois do Ángel, seguiu-se o seu compromisso com o Manchester e ainda a Seleção de Portugal. Em casa percebia como ele estava e continuava... e eu disse [a mim mesma], 'tenho de seguir em frente pelos meus filhos' e isso também o devo ao Cristiano", afirma.

Depois de se ter mantido firme por causa da família, Gio notou que Ronaldo precisou de uma pausa, que aconteceu durante umas férias de verão em 2022. "O Cris teve que parar, precisava do seu tempo, precisava de estar connosco, precisava de organizar aquilo por que tinha passado e de assimilar o choque tão grande que vivemos", nota a modelo.

"A vida continua, tu segues por inércia e às vezes nem dá tempo de parar para pensar, mas quando paras, vens abaixo. E bem, no fundo somos humanos e sentimos", completa.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.