Vários membros da equipa de 'Sexo e a Cidade' recordaram Willie Garson, que morreu no início desta semana, vítima de cancro do pâncreas, como relata a People.

O criador da série, Darren Star, descreveu o artista como uma pessoa "doce, comovente e alegre".

"O Willie tocou-nos a todos com o seu grande coração e espírito generoso", acrescentou em conversa com a revista. "O homem por trás de Stanford [Blatch, personagem do ator na série] era um pai amoroso e irradiava bondade. Ele partiu cedo demais", disse.

Por sua vez, o produtor executivo Michael Patrick King destacou que o "espírito" e a "dedicação" do ator estavam sempre presentes nos estúdios.

"A família 'Sexo e a Cidade' perdeu um dos seus, o nosso incrível Willie Garson. Ele dava tudo de si, mesmo quando estava doente", afirmou, realçando também que o ator "vai fazer falta".

Ainda em declarações à People, também Jason Lewis, que interpretou Jerry "Smith" Jerrod, partilhou: "Há um pouco menos de alegria no mundo e está um pouco mais cinzento após a luz Willie Garson ter-se apagado. Ele tinha um espírito maravilhoso e brincalhão, e sou grato por ter tido a oportunidade de o conhecer".

Nas redes sociais as homenagens também começaram desde logo a circular, entre elas as palavras de Cynthia Nixon, no Twitter.

"Estou profundamente triste por termos perdido o Willie Garson. Todos o amávamos e adorávamos trabalhar com ele. Era mesmo muito engraçado no ecrã e na vida real. Era uma fonte de luz, amizade e conhecimento", escreveu.

Leia Também: Morreu o ator Willie Garson, conhecido pelo papel no 'Sexo e a Cidade'

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.