Na semana em que foi declarado o estado de emergência em Portugal, Quim Barreiros esteve em direto, através de uma videochamada, no programa 'Praça da Alegria', da RTP.

Um momento que ficou marcado pelo bom humor do cantor. "Estou em casa, mas não é fácil porque eu estou casado há 45 anos e há uma semana é que eu sinto que estou casado", disse, na brincadeira.

Outro dos destaques da conversa de Quim Barreiros com os apresentadores Sónia Araújo e Jorge Gabriel foi o pai do cantor. Distante do progenitor, que soma já 101 anos, o artista não deixou de se mostrar preocupado com o mesmo.

"O meu pai está na casinha dele. [...] Esta situação é deprimente. Eu vejo o meu pai ao longe porque ele é uma pessoa de risco. Eu gosto muito dele e quando vou à casa dele ponho a máscara e fico a falar à distância. O abraço e o beijinho não lhe dou, mas ele entende. Faço isto por ele", contou o cantor no dia em que se celebrou o Dia do Pai, 19 de março.

Sobre como é que o progenitor tem lidado com o isolamento social, Quim Barreiro explicou que não tem sido fácil. "As pessoas de uma certa idade não têm muita consciência do que se está a passar. O meu pai quer fazer a vida normal, quer ir para o café, para a garagem...".

Mas não ficou por aqui e aproveitou ainda o momento para deixar um recado a todos os que fazem parte das comissões de festas, garantindo que caso não haja festa, não quer nenhum "indemnização". "Não entrem em pânico. Há festa, o Quim Barreiros vai e pagam. Não há festa, não têm nada que me pagar", afirmou.

Leia Também: "Qual é o melhor sítio para ficares?". Os novos versos de Quim Barreiros

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.