Uma semana após a morte do rapper Mac Miller, Ariana Grande, sua ex-namorada, falou pela primeira vez sobre esta dolorosa despedida.

A cantora, que já tinha homenageado o 'ex' ao partilhar uma foto sua no Instagram, escreveu-lhe nas redes sociais uma emotiva declaração de amizade.

"Eu adorei-te desde o dia em que te conheci, quando eu tinha 19 anos e eu vou gostar sempre de ti. Não consigo acreditar que já não estás aqui", lamentou, confessando no seu texto ter tentado, enquanto ainda namorava com o músico, ajudá-lo a vencer o vício em drogas.

"Nós conversamos sobre isso. tantas vezes. Estou tão chateada, estou tão triste, não sei o que fazer.", acrescentou, referindo-se ao vício que acabou por se tornar fatal para Mac Miller, que faleceu na sequência de uma overdose.

"Desculpa-me, eu não consegui reparar nem tirar a tua dor. Eu realmente queria.", pode ainda lêr-se na publicação, que Ariana terminou descrevendo o 'ex' como "uma alma boa e doce com demónios que nunca mereceu".

Acompanhando a sua emotiva declaração, a cantora partilhou um vídeo de um momento cúmplice e de brincadeira entre ela e Mac Miller.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.