Amal Clooney tem estado mais afastada das luzes da ribalta desde que foi mãe de gémeos no passado mês de junho, contudo, a advogada abriu uma exceção à regra ao dar uma entrevista a um canal de televisão, na qual falou sobre a experiência de acolher refugiados em sua casa.

“Tenho tido o privilégio de representar um número de refugiados que foram vítimas de genocídio perpetrado pelo ISIS ao longo dos últimos anos e foi aí que conheci o Hazim”, afirmou Amal numa entrevista pelo Skype com David Letterman. “Quando o conheci lembro-me de ter sido muito atraída pela sua coragem, mas também pelo seu espírito incrível e de como ele falava sobre o assunto, mesmo quando tudo estava perdido. Ele falava do seu desejo de justiça e não de vingança”, acrescentou.

Na altura, o casal encontrava-se em Nova Iorque com os pais do ator, quando Hazim Avdal falou das suas aspirações quanto ao futuro: “Ele falou do seu sonho em um dia estudar nos Estados Unidos e na altura estávamos todos com o meu pensamento, que era: ‘bem, podemos fazer alguma coisa para ajudar’”, contou.

Atualmente, Avdal é estudante na Universidade de Chicago e vive na casa dos Clooney em Kentucky.

De recordar que em setembro do ano passado, o casal doou 20 milhões de dólares, aproximadamente, 16 milhões de euros, para a Foundation for Justice, uma instituição que pretende ajudar refugiados a ter direito à educação.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.