É um dos cantores portugueses mais populares da atualidade. A 29 de julho de 2012, venceu a quinta edição do concurso musical "Ídolos". A vitória no programa de televisão foi o início de uma carreira musical que o levará, no próximo dia 28 de março, a subir ao palco da Altice Arena. "Sempre encarei a música como algo que me dá prazer e que me recoloca no mundo", assume Diogo Piçarra, em declarações à edição de março da revista Prevenir, já nas bancas.

15 compositores sensuais que estão sempre prontos para nos dar música
15 compositores sensuais que estão sempre prontos para nos dar música
Ver artigo

"Na adolescência, começou por ser um hobby e um veículo para ultrapassar a timidez e a falta de autoestima. Hoje, é uma forma de me expressar, a confissão de um mundo só meu", confidencia o cantor e compositor algarvio de 29 anos. "A música ajudou-me a crescer como pessoa e a aproximar-me de mim", acrescenta ainda o intérprete de êxitos como "Paraíso" e "Dialeto". "Nunca tive a ambição de ser conhecido, de ter fama ou de ter protagonismo", afiança. "A minha maior vitória é saber que as pessoas se identificam com o que faço. Ainda assim, evito criar expetativas, mantendo a noção de que, por vezes, é preciso começar do zero", admite o artista nascido em Faro.

"Por defeito, estou sempre preparado para o insucesso", desabafa Diogo Piçarra, visivelmente entusiasmado com o espetáculo maior da digressão de promoção do álbum "South side boy", agendado para 28 de março na Altice Arena, no Parque das Nações, em Lisboa. "Nunca esperei fazer um concerto nesta sala tão cedo, mas senti que agora fazia sentido. Estou ansioso, mas entusiasmado", confidencia o cantor, que partilhará o palco com Carolina Deslandes e Lhast.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.