Os amigos de Demi Lovato estão, alegadamente, a discutir a possibilidade da artista fazer uma pausa do mundo do espetáculo de forma a ter a possibilidade de lutar contra o vício em drogas e álcool. Depois da cantora, supostamente, ter sofrido uma overdose de heroína na semana passada, quebrando assim um processo de seis anos de sobriedade, os amigos pretendem que a mesma volte a focar-se em si mesma e na sua recuperação.

“Ela precisa de sair deste sistema em que tem estado desde os 13 anos”, afirmou um amigo à revista People. “A Demi nunca teve um dia de folga”, sublinha.

Na mesma perspetiva, uma outra fonte revelou que a mãe de Lovato, Dianna De La Garza, não conseguiu ajudar a filha na medida em que esta se tornou independente financeiramente muito cedo. “A Dianna ama a filha e quer ajudá-la. Mas se ela quer sobreviver precisa de sair da indústria (…) No final ela é que tem de pedir ajuda. Não pode ser forçada a um tratamento. Não iria funcionar”, sublinhou.

A mesma fonte referiu ainda que durante os seis anos em que se manteve sóbria, Demi teve de lutar contra si mesma todos os dias. “Quando ela finalmente ficou ‘limpa’, a equipa começou a tratá-la como se fosse uma criança”, completa, acrescentando que no ano passado voltou a beber porque “não conseguia aguentar mais”.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.