As gravações da edição portuguesa do concurso de talentos "All together now", ainda sem data de estreia anunciada, avançam a bom ritmo na Sala Tejo, na Altice Arena, apesar das condições de segurança acrescidas a que obrigam. "Este programa está a ser gravado em período de confinamento noutros países da mesma forma que nós o estamos a gravar", garante Cristina Ferreira. "Em Itália, eles gravaram este programa com menos medidas do que as que nós temos aqui", refere ainda a apresentadora de televisão.

"Os jurados não têm [lá] separação acrílica e nós [aqui] entendemos que faria sentido, pois protegia-os mais. Todos entram de forma sequencial, em grupos de quatro, até ficarem nos seus quadradinhos, devidamente protegidos", esclarece. De acordo com a diretora de entretenimento e ficção da TVI, ninguém entrada no estúdio sem apresentar um teste negativo. "Das muitas gravações que fizemos até agora, não houve qualquer registo a assinalar", assegura a antiga colega das manhãs de Manuel Luís Goucha.

"All together now" marca o regresso de Cristina Ferreira às noites do canal de Queluz de Baixo, que em 2018 trocou pela SIC para regressar em 2020. Nos últimos meses, nem todas as apostas da nova acionista da Media Capital na estação que lhe deu fama e mediatismo foram bem sucedidas, mas a diretora de entretenimento e ficção da TVI não se deixa afetar pelas (muitas) críticas. "Sei que tenho um produto extraordinário", afirmou, esta semana, em declarações aos jornalistas numa conferência de imprensa.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.