Em março, a defesa de R. Kelly pediu a libertação do cantor devido à pandemia da Covid-19, uma vez que este foi submetido a uma cirurgia de urgência no início do ano.

Contudo, a revista Variety avança que o pedido foi esta terça-feira recusado pela juíza Ann Donnelly, do tribunal de Brooklyn, em Nova Iorque.

O tribunal considerou que o cantor, de 53 anos, não se encontra em risco, pelo que permanecerá preso a aguardar julgamento.

De recordar que o artista está preso desde o verão do ano passado pelas acusações de tráfico sexual, extorsão e pornografia infantil.

Leia Também: R. Kelly diz que é "mal tratado" na prisão. Procuradores desmentem

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.