A família real britânica enfrentou recentemente um susto com o diagnóstico de COVID-19 ao príncipe Carlos. O filho da rainha Isabel II, de 71 anos, já se encontra com francas melhores - tendo mesmo deixado de estar em auto isolamento - mas continua a gerar preocupação, principalmente ao primogénito, príncipe William.

Segundo a revista Us Weekly, o segundo na linha de sucessão ao trono britânico ficou abalado com a situação e o que mais lamenta é o facto de estar longe do irmão, Harry, que vive agora nos Estados Unidos.

Recentes informações deram conta que a pandemia quebrou algum gelo na relação dos irmãos, mas continua a existir uma grande distância entre ambos.

"Eles falam, mas é estranho. O William está magoado com o facto de Harry não estar em Londres para apoiar a família durante a pandemia do novo coronavírus", afirmou a fonte.

Leia Também: Irmã de Meghan Markle volta a criticar casal e apoia Donald Trump

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.