Françoise Hardy, de 77 anos, luta contra o cancro desde que em 2018 lhe foi diagnosticado um tumor no ouvido. Cansada dos efeitos fortíssimos dos tratamentos, a artista francesa afirma estar "perto do fim" em declarações à revista Femme Actuelle.

"O meu sofrimento físico tem sido tão terrível que temo que a morte me force a passar por ainda mais sofrimento", lamenta, pedindo a legalização da eutanásia em França na esperança de conseguir uma morte tranquila e com menos sofrimento.

Françoise considera que "a França é desumana" por não legalizar a morte medicamente assistida.

"Não é que os médicos tenham de aprovar todos os pedidos, mas devem diminuir sofrimento desnecessário de uma doença incurável assim que ela se torna insuportável", explica a cantora, que está impossibilitada de cantar e já com algumas dificuldades na fala.

Françoise Hardy já lutou conta um linfoma em 2015, tendo sido na altura colocada em coma induzido. Sobreviveu com a ajuda de um novo tratamento de radioterapia, porém a solução que lhe salvou a vida foi também, na sua opinião, a causa de muito de muita da sua dor.

Leia Também: Meryl Streep recebe presente de aniversário único em rua de Nova Iorque

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.