Chrissy Metz ganhou popularidade com a sua personagem na série 'This Is Us', onde dá vida a Kate Pearson. Recentemente, a atriz falou dos problemas que assombraram a sua infância e adolescência, nomeadamente os maus tratos que sofreu do padastro.

Em entrevista à revista People, a artista contou que foi vítima de abusos físicos e verbais por parte do companheiro da mãe, Trigger.

"O Trigger amava os seus filhos biológicos e até tratava bem a Morgana - que a minha mãe teve de outro relacionamento -, mas ele odiava-me. Ele odiava o meu corpo, era como se o ofendesse", relatou.

A atriz conta também que o padrasto punha um cadeado no frigorífico para que a atriz não tivesse acesso à comida e batia-lhe em várias partes do corpo, excepto no rosto.

"Não me lembro quando é que ele me bateu a primeira vez. Ele nunca me bateu na cara, só no meu corpo, que tanto o ofendia. Empurrava-me, batia-me no braço", acrescenta.

Além das marcas físicas, Chrissy sofreu graves pressões psicológicas, afirma. "Quando fiz 14 anos, ele começou a pesar-me. Trazia a balança da casa de banho e mandava para o chão da cozinha. Eu subia e ele gritava: 'Oh meu Deus, estás a engordar!'".

A atriz terminou o seu testemunho, frisando que chegou mesmo a pensar ter uma atitude mais drásticas, mas mais tarde veio a conciliar-se com o padrasto. "Hoje temos uma relação diferente", rematou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.