Uma das propriedades da rainha Isabel II na Escócia, nomeadamente o Castelo de Holyroodhouse, em Edimburgo, foi vandalizada. Num dos muros que circunda o castelo foi escrita uma ofensa dirigida ao príncipe André: "Casa de pedófilo".

O ato de vandalismo surge alguns dias depois do tribunal - no âmbito de um processo que decorre nos Estados Unidos - ter decidido que Virginia Giuffre, que acusa o príncipe de ter abusado sexualmente dela aos 17 anos, poderá continuar com a ação legal contra ele.

Apesar de o príncipe André já ter negado todas as acusações, a verdade é que a sua reputação foi seriamente manchada pelo surgimento do escândalo sexual, onde se destacou a proximidade que tinha com Jefrey Epstein.

Giuffre, alegada vítima, afirma ter sido apresentada ao filho da monarca britânica por Jeffrey Epstein, milionário norte-americano acusado de crimes sexuais, o qual se suicidou na prisão em 2019.

Na semana passada, reagindo ao escândalo, o Palácio de Buckingham emitiu um comunicado onde revelou que iriam ser retirados ao duque de York os seus títulos militares, bem como os apadrinhamentos reais.

Leia Também: York reivindica retirada do título de duque ao príncipe André

Leia Também: Príncipe André sem títulos militares e deixa de ser 'Sua Alteza Real'

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.