Com 10 anos de carreira, Caio Castro tornou-se um dos atores mais amados do Brasil. Contudo, ao longo do seu percurso profissional, o galã tem passado por vários desafios, inclusive no relacionamento com colegas de trabalho com muito mais tempo de profissão.

"Até hoje [têm preconceito]. Como peço dispensa da preparação porque prefiro fazer à minha maneira para chegar na leitura e vomitar [o texto], os atores das antigas, por algum motivo, ficam: 'vai, vamos ver'. Quando eu vinha com a personagem quase construída, pensavam: 'filho da p***'”, confessou.

Na mesma entrevista com Fernanda Souza, Caio ainda recordou como conseguiu um dos papeis mais marcantes da sua carreira, na novela juvenil ‘Malhação’. Foi no programa de televisão ‘Caldeirão’, apresentado por Luciana Huck, que Caio encontrou a oportunidade. “Parece doideira falar isso, mas já sabia [que ganharia o concurso], não tinha dúvida.", confessa, acrescentando que foi para o Rio de Janeiro apenas apanhando boleia de pessoas estranhas.

"Sabia que não nasci para carreira académica. O que funciona para mim é fazer as coisas sem cobrança. Não tinha pretensão de ser ator. Não sabia o que era ser ator, exercer ofício. Queria estar ali dentro como espetador", completou

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.