Ângelo Rodrigues fez uma publicação na sua conta de Instagram este domingo, dia 29, na qual refletiu sobre estes dias de isolamento a que se tem sujeitado por causa da pandemia do novo coronavírus.

"Escrevo-vos do terraço da minha casa. Por aqui, o sol tem colmatado o desânimo que o horizonte deixa avistar. São tempos atípicos de confinamento que parecem redefinir a forma como interagimos e isso é curioso", começa por referir.

"Agora aguardo à porta por testemunhas de Jeová só para trocar uma ideia, porque finalmente tenho tempo para ouvir a palavra do Senhor. Dei por mim a esconder todo o álcool que tinha em casa, para depois procurar por ele e celebrar como se estivesse a sair à noite; dei por mim a pensar que a bifana que como na roulotte quando saio do Lux saberá muito melhor, porque finalmente quem cozinha lavou as mãos; dei por mim a pensar que se fizer um cocktail de cebola e alho e me barrar com ele mantenho a distância social de segurança", adianta.

Entretanto, tece algumas críticas: "Também dei por mim a ver o discurso escatológico que fez Jair Bolsonaro e a pensar que há verborreia que nem a Dodot patrocina. Bolsonaro parece a blogueira que ignora esta pandemia como o elefante rosa que apareceu na sala", completa.

Leia Também: Em direto com Iva Domingues, Ângelo Rodrigues sofre partida de amigo

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.