Bobby Brown pretende abrir uma associação destinada a ajudar vítimas de violência doméstica, apesar do próprio ter sido acusado de agredir a mulher, Whitney Houston. Brown, de 49 anos, revelou que tinha como objetivo disponibilizar uma casa em honra da sua felicidade filha, Bobbi Kristina Brown, que morreu tragicamente aos 22 anos de idade.

Numa conferência de imprensa, o mesmo afirmou que este é um projeto que pretende concretizar apesar dos julgamentos que as pessoas continuam a fazer em relação à sua vida e caráter.

De recordar que em 2013, Bobby foi acusada de agredir a cara de Whitney, deixando-a com lesões visíveis. Contudo, dois anos depois o caso foi arquivado.

De sublinhar que Whitney Houston morreu a 11 de fevereiro de 2012, na sequência de um afogamento na banheira de um hotel, após uma alegada overdose de narcóticos. Já a filha, Bobbi Kristina Brown, também foi encontrada inconsciente numa banheira em 2015, morrendo alguns meses depois.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.