O ex-primeiro ministro italiano Silvio Berlusconi vai ter de pagar uma pensão multimilionária à sua ex-mulher, Veronica Lario: 100 mil euros por dia, num total de 3 milhões por mês e 36 milhões por ano.

A decisão foi tomada pelos juízes do Tribunal Civil de Milão, onde o ex-casal travava uma dura batalha legal há cerca de três anos.

O cálculo do valor que Berlusconi será obrigado a pagar considera que Veronica não terá direito a qualquer propriedade do seu rico ex-marido. No entanto, cada cêntimo do cheque será dela, porque os três filhos do casal já são adultos.

Berlusconi e Veronica conheceram-se em 1980 e casaram-se numa cerimónia civil em 15 de dezembro de 1990. Em maio de 2009, já a viver sozinha em Milão, Veronica, cujo nome verdadeiro é Miriam Raffaella Bartolini, de 56 anos, pediu o divórcio.

E o fim da união não foi nada discreto. A então senhora Berlusconi leu na imprensa que o marido andaria envolvido com uma estudante de 18 anos, Noemi Letizia, e anunciou publicamente que iria exigir o divórcio, deixando, ainda, claro que era preciso acabar com “as virgens oferecidas ao dragão” e com a “ralé política” que as escolhe como candidatas às eleições em Itália.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.