"A vida, desde há muitos anos, fez com que me tornasse cuidador". Foi assim que Rui Baptista começou por partilhar com os colegas do 'Big Brother' o papel de cuidador que assumiu depois da morte de dois familiares.

"Tenho uma família muito pequena. Basicamente, sou o único homem. Tenho um conjunto de mulheres à minha volta que me apoiam sempre e em contrapartida eu sinto que tenho a missão de cuidar sempre delas", disse o bartender, de 31 anos.

E continuou: "Cuido da minha avó há dois anos. Ela perdeu os dois filhos. [...] A minha tia morreu com 44 anos e o meu pai com 48".

Sem ficar por aqui, Rui Baptista partilhou que a tia morreu de forma "fulminante" e o pai cerca de um mês depois de lhe ser diagnosticado um cancro.

"Estive naquela situação que muitas vezes vemos nos filmes. Chamaram-me a uma sala à parte e disseram-me que o meu pai tinha seis meses de vida. Naquele momento a minha vida mudou, não quis acreditar. Mas o facto é que o meu pai morreu 27 dias depois", recordou.

No ano depois do pai ter morrido, Rui Baptista perdeu também o avô e foi nesse período que decidiu convidar a avó para viver consigo. "Fui buscar a minha avó e há dois anos que vive comigo. [...] Esse é um dos grandes motivos de estar aqui, quero que a minha avó se divirta a ver o neto na televisão. Fiquei muito feliz por ter esta oportunidade", rematou.

O relato terminou com um aplauso dos restantes concorrentes, que escutavam emocionados. Veja aqui o momento.

Leia Também: 'Big Brother'. Revelado qual o castigo aplicado aos concorrentes

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.