Bárbara Bandeira usou esta sexta-feira, dia 20, as suas redes sociais para expor uma situação que a própria apelida de “perturbadora”. A jovem, de apenas 18 anos, diz estar a ser perseguida por um fã que tem uma “fixação” por ela.

Segundo a cantora, trata-se de um rapaz na casa dos 20 anos que já foi tratado em psiquiatras e que há mais de um ano tenta manter contacto com Bárbara.

O rapaz começou por abordar o pai da artista, Rui Bandeira, depois de um concerto e mais tarde a própria numa ação de promoção que decorria numa loja. Este afirmava que as músicas de Bárbara são dedicadas a si e que tinha com ela uma relação. Confrontado com o espanto da jovem cantora, o rapaz tornou-se agressivo e teve de ser expulso do local.

Seguiram-se várias mensagens, enviadas de vários perfis diferentes. Todos criados propositadamente para o efeito.

“As mensagens que ele envia já falam em suicídio”, lamenta Bárbara, que resolveu expor a situação para pedir ajuda aos seus fãs. Esta pede que se alguém encontrar o referido rapaz num dos seus concertos avise os seguranças.

“Estou com medo, mesmo”, confessa, admitindo que está já a ponderar dirigir-se à polícia.

Para que os seus seguidores identifiquem a pessoa de quem fala, e uma vez que se recusa a revelar a sua identidade, Bárbara fez uma descrição onde conta que este tem uma cicatriz no rosto e é loiro platinado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.