Durante as últimas semanas quem acompanha de perto Messi terá notado que o futebolista argentino deixou crescer a barba. Porém, se é justo que o atleta assim o faça, ouvidos pelo La Nación, responsáveis da Gillette, um dos seus patrocinadores, não parecem nada satisfeitos.

"Apoiamos que todos os homens se expressem através de seu estilo pessoal, seja qual for. Quando são donos da sua imagem, mostram segurança. Preferimos a barba bem cuidada e a imagem alinhada. No entanto, entendemos todas as diferenças de estilo e apoiar todas as escolhas sobre imagem", confidenciou fonte da marca.

Porém, a barba do jogador não tem a ver com uma opção estética, antes é uma escolha relacionada com resultados desportivos. Atualmente a disputar a Copa América, a seleção alviceleste acredita que desta forma conquistará os troféus que lhe têm escapado – Mundial e Copa América, respetivamente, em 2014 e 2015.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.