Augusto Canário revelou através de uma publicação no Facebook que teve de ser submetido a uma operação de emergência este mês, numa situação em que ficou entre a vida e a morte.

"O meu eterno agradecimento ao Hospital de Viana do Castelo por me ter salvo a vida. Pode parecer uma afirmação exagerada, mas é inteiramente justa e verdadeira", começa por referir.

"Desde a minha primeira ida à urgência, no passado dia 14 de janeiro, até ao meu internamento no dia 16 de janeiro, como qualquer pessoa que vi ao meu lado naqueles momentos de infortúnio, fui sem muito bem atendido, nos momentos de alívio de dores, diagnóstico e tomada de decisões para o tratamento adequado. No meu inesperado muito grave estado de saúde, ainda consciente, fui informado, tal como a minha família, da urgência em ser intervencionado cirurgicamente, e da incerteza do resultado final, que poderia ser fatal (...). Os pormenores, ficam para mim e para quem comigo os viveu", nota, sem revelar detalhes acerca do diagnóstico que lhe foi feito.

"A realidade é que, com todas as letras: no Hospital Distrital de Viana do Castelo salvaram-me a vida. Dizer-se que o SNS é perfeito, não será correto; Dizer-se que os casos e o funcionamento não todos iguais, também não será uma boa avaliação. Mas, para o país que somos, para o constante ataque ao SNS, terei que concordar que estamos bem servidos. É necessário melhorar? Com certeza que sim. Isso temos que exigir aos políticos e a quem nos governa. Mas o SNS tem uma mais-valia essencial que lhe confere muita categoria: os seus profissionais", completa.

Veja a publicação:

Leia Também: Foto da Semana: Georgina tratada como rainha em dia de aniversário

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.