Jessica Athayde resolveu recordar o documentário que protagonizou para a revista Vogue e no qual falou sem rodeios sobre o facto de não ter gostado de estar grávida.

"Alguma vez sonhei que ia ter saudades de estar grávida. Estou a gozar, não tenho mesmo! No entanto, se fosse ao segundo, mesmo a vomitar 24/7, 9 meses de seguida, acho que seria bem mais calma, até porque o Oli não me daria tempo para me queixar", desabafa a atriz.

Athayde explicou em seguida o que a motivou a fazer esta partilha. A atriz conta que "não existe um dia em que não receba mensagens de mulheres" a falar-lhe do documentário onde contou a sua verdade sobre a gestação.

"A importância de falarmos de assuntos incómodos faz toda a diferença, e acreditem que passado estes dois anos e meio depois de ter tido o Oli já podia ter escrito um testamento de situações que mudaram radicalmente em mim tanto a nível emocional e físico- todos os dias", afirma, passando a um exemplo concreto: "Às vezes só às vezes tenho uma enorme vontade de voltar a ser a pessoa que era antes de ter sido mãe. Não trocava o meu maior amor, tudo o que sou agora por nada! Mas porra! Volta e meia existe essa saudade e um peso na consciência por sentir isso", confessa.

Por fim, Jessica lança o repto às suas seguidoras. "Vá, assumam. Quem mais?".

Leia Também: Jessica Athayde reage aos que a "chateiam" por causa dos dentes do filho

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.