Entre os vários atores presentes na novela ‘A Única Mulher’, Alexandra Lencastre é uma das vilãs da história. Uma novela que “é de facto um marco histórico”, estando já na terceira temporada. Em conversa com o Fama ao Minuto, a atriz confessou que está a gostar de trabalhar neste projeto.

"É muito engraçado porque descobre-se que há sempre novas maneiras de atrair o público, de o convencer e fidelizar. Neste caso, acho que tem a ver com a narrativa. Ou seja, além do nosso trabalho de atores, acho que a narrativa conseguiu um ritmo diferente e criar novas caras que vêm refrescar a história para o público não se cansar, mas mantendo a coluna vertebral da história de amor que é a do Romeu e Julieta separados pela cor da pele, que é a verdadeira essência desta novela", explicou.

Quando sai à rua, Alexandra Lencastre é muitas vezes abordada pelas pessoas, que comentam maioritariamente o facto de a sua personagem ser má para o filho, Luís Miguel, interpretado por Lourenço Ortigão. Ainda assim, há muita gente a dizer que, no fundo, "acha-lhe graça".

“Fico agradecida e comovida até pela bondade das pessoas e é muito gratificante. Às vezes dizem assim: Não seja tão mazinha para o seu filho. Mas no fundo percebem que é uma interpretação e um jogo de atriz, não da própria pessoa. Portanto, nunca fui maltratada nem nada. Às vezes ralham-me um bocadinho mas é um ralhar simpático e eu acho graça a essa reação", contou.

Em relação aos próximos episódios, a atriz não adiantou pormenores. "Temos de perguntar à autora [Maria João Mira], porque neste momento até para mim é uma surpresa".

Na vida real, Alexandra Lencastre é mãe de Margaret Bakker eCatherine Bakker, ambas fruto do casamento já terminado com Piet-Hein Bakker.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.