A rainha Isabel II, que morreu a 8 de setembro, deixa à família real, seus herdeiros, uma coleção de joias com mais de 300 peças e avaliada em milhões de euros. A este 'tesouro' da monarca ficam apenas a faltar duas modestas peças, as escolhidas para a rainha levar no caixão.

Lisa Levinson, chefe da área da comunicação do Natural Diamond Council, acredita que Isabel II não usará no seu último adeus "nada além da sua simples aliança de casamento de ouro galês e um par de brincos de pérola". A crença é de que esta será uma forma de representar o "humilde coração" da rainha, realçou Lisa em declarações ao site Metro.

A representante do Natural Diamond Council alertou ainda para a probabilidade de o anel de noivado da rainha, que o príncipe Filipe reformulou a partir do anel de noivado da sua mãe, seja entregue à única filha mulher do casal: a princesa Ana

Apesar de a rainha levar consigo apenas duas joias modestas, o caixão que levará o seu corpo será adornado com milhões de euros em diamantes e outras joias pertencentes à família real. Terá uma bandeira do Padrão Real sobre ele e também levará a Coroa do Estado Imperial - adornada com cerca de três mil pedras preciosas, com peso de cinco quilos, usada pela rainha apenas em ocasiões formais.

Quanto à coleção de joias de Isabel II, sabe-se que entre as muitas peças estão 98 broches, 46 colares, 34 pares de brincos, 15 anéis, 14 relógios e cinco pingentes.

Leia Também: Harry e William vão caminhar juntos atrás do caixão mas Kate e Meghan não

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.