Angelina Jolie quer vender a sua parte da exploração vinícola que comprou antes de casar com Brad Pitt - a qual viria a pertencer aos dois posteriormente. Os advogados da atriz de Hollywood fizeram um pedido para que as restrições temporárias (colocadas a propósito do processo de divórcio) fossem levantadas, de forma a que esta venda a parte que lhe cabe de Nouvel, em França.

Documentos legais a que o E! teve acesso mostram que um dos argumentos usados pelos advogados foi que, por causa da separação, a atriz não consegue coexistir com o dono da outra parte da propriedade: Brad Pitt.

Sabe-se ainda que a artista passou dois anos em negociações para vender a sua parte ao ex-marido, mas que os dois não conseguiram chegar a um entendimento quanto ao preço.

Agora, resta esperar e ver se Angelina Jolie conseguirá fechar o negócio.

Leia Também: Angelina Jolie e The Weeknd apanhados num encontro em Los Angeles

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.