O projeto ROSANEGRA sobre ao palco do Auditório do Museu do Oriente dia 2 de março, às 21h30, com o novo álbum, Fado Mutante.

O novo trabalho apresenta uma linguagem mais intemporal e contemporânea, perspetivando o fado como um ser vivo que em permanente mudança. O resultado final é subtil e arrebatador, cool e apaixonado.

A banda, dirigida pelo músico e compositor Rui Filipe, transformou-se num sucesso em que a voz de Jonas, o violoncelo e o clarinete de Sandra Martins, o violino de Cindy e o acordeão, teclados e guitarras de Rui Filipe são os principais protagonistas. Outros músicos e convidados colaboraram na feitura do novo projeto de ROSANEGRA, com canções originais e sugestões de fados ora sombrios ora luminosos, mas sempre com luz própria.

Depois de um intervalo de cinco anos, o ROSANEGRA reaparece com um novo CD e uma proposta surpreendentemente renovada. O primeiro álbum, Fado Ladino, lançado internacionalmente pela editora anglo-americana ARC e tão celebrado e premiado pela crítica nacional e internacional, encontrou as estirpes fadistas no passado sefardita e moçárabe.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.