Desafio: ficar preso ao passado

A medicina de transmutação da Cobra é muito poderosa e atua nos níveis mais profundos da nossa existência, geralmente relacionados com a história da nossa alma e com os nossos registos mais antigos: quer da nossa história kármica pessoal, como das histórias que herdamos dos nossos pais e dos nossos ancestrais.

Transmutar significa transformar qualquer energia no seu oposto. De um modo geral, corresponde a processos de transformação de algo negativo em algo positivo. Transmutar é um termo pouco conhecido no Ocidente, mas largamente aprofundado pelos grandes mestres do Oriente, e também pelas culturas das tribos índias e celtas.

Todos os anos a Cobra larga a pele velha e seca que já não lhe permite crescer e pôr novos ovos. Tudo acontece de forma simples e fluída, e permite-se assumir a sua nova pele, mais bonita, maior e com novas cores. É um processo que exige esforço, determinação e até uma certa coragem, características muito próprias da sua energia de fogo.

Esta sabe que vai valer a pena porque debaixo desta pele ressequida e gasta, a nova pele, com as suas cores vibrantes, tem uma flexibilidade que irá permitir-lhe pôr novos ovos, ou seja, iniciar novos projetos. Depois irá desfrutar deste novo ciclo que a nova pele lhe permite abraçar com confiança, de modo a aprofundar a sua conexão com a Mãe Terra com a qual está em permanente contacto.

A energia de cura da cobra é venerada desde a antiguidade e certamente não será um acaso o facto deste imponente animal figurar nos símbolos de medicina e de farmácia até aos dias de hoje.

Como a Cobra vive permanentemente em contacto com a Mãe Terra, relembra-nos a importância da força criadora primordial da Terra, visto que para evoluir os nossos processos de crescimento pessoal acontecem aqui na matéria e através do nosso corpo físico.

A Cobra sabe que a nossa caminhada aqui na Terra muito contribui para a nossa evolução no plano espiritual. A grande aprendizagem é conseguida aqui na Terra, nesta grande escola sagrada, pois é no equilíbrio entre a energia feminina e masculina que reside o segredo da verdadeira cura.

A medicina da Cobra alerta-nos para as formas de pensar e viver a nossa vida, que acabam por se tornar padrões limitadores e envelhecidos e que nos impedem de sermos quem viemos aqui para ser. Por vezes, é preciso largar o que já não nos serve (e que até, provavelmente, nunca serviu) e que já se transformou num hábito, num comportamento ou numa crença, transmutando-o com a mesma a tranquilidade com que a Cobra transmuta a sua pele.

Deixe-se guiar pela misteriosa Cobra e entregue-se ao seu poderoso poder de cura profunda dos padrões da sua alma e da sua vida. Ela abre chakras, nomeadamente o 1.º chakra (extremamente ligado ao despertar da kundalini), de modo a que possa abraçar e desfrutar a sua sexualidade sagrada e a conexão do seu ser espiritual com o seu corpo e com a Mãe Terra.
Nem sempre é fácil largar a pele do passado. Podemos querer muito que isso aconteça, por sabermos o quanto essa ligação com o passado nos impede de avançar e construir um novo caminho, mas para que o processo aconteça, é necessário honrar e reconhecer o mérito da velha pele, seca e antiga.

Sem que essa pele tivesse existido, não poderia ter crescido uma nova pele debaixo dela. Tudo o que vivemos e aprendemos até ao momento contribuiu para sermos a pessoa que somos hoje. Tudo fez parte da aprendizagem e tudo aconteceu como era suposto acontecer. Muitas vezes o Grande Espírito não nos traz o que queremos, mas sim o que precisamos.  Se está difícil largar aquele pedacinho final da sua pele, peça auxílio à poderosa e misteriosa Cobra e perceba que há ainda uma parte de si que sente que precisa dessa pele antiga.

Pode ser devido ao medo de deixar de saber quem é, ou por ter receio de estar a desonrar ou a trair todos aqueles que contribuíram para lhe vestir essa pele antiga. Se for esse o caso, agradeça tudo o que lhe foi dado e tudo o que aprendeu.
No início deste ano de 2024, a Cobra vem abençoá-lo com a sua energia de cura.

Ao largarmos o que já não precisamos na nossa vida, ficamos mais disponíveis e livres para fazer as nossas escolhas e seguir novos caminhos evolutivos. Sinta o que precisa de ser transmutado, isto é, o que precisa de ser re-significado. Dê um novo significado a tudo o que ficou para trás e que já não pode mudar. Podemos guardar no nosso coração todas essas memórias à luz de uma nova energia impregnada de gratidão e reconhecimento.

Honre o caminho que percorreu e as pessoas que fizeram parte dele. Tome depois consciência do que precisa ser curado.
Porque sente que ainda precisa de carregar esses fardos pesados do passado? Poderão ser hábitos antigos ou pessoas que, na verdade, não permitem o seu crescimento. Poderá sentir vontade de lhes escrever uma carta ou de agradecer pessoalmente o papel que tiveram na sua vida, mas agora é o momento para começar a caminhar pelos seus próprios meios, construindo um caminho que é seu, e que nunca ninguém antes percorreu, ao encontro de um maior bem-estar, prosperidade e relacionamentos saudáveis.

Caminhe ao lado da nossa querida Cobra e entregue-se às infinitas possibilidades que este novo ciclo lhe oferece.

Ahô
Ana Paula Lago – comunidadedoser.marcacoes@gmail.com

INSTAGRAM
https://instagram.com/apaulalago?igshid=YmMyMTA2M2Y=

FACEBOOK
https://www.facebook.com/ana.p.lago.3

SITES:
www.comunidadedoser.com
www.animaisdepoder.pt

COMUNIDADE DO SER
https://instagram.com/comunidadedoser?igshid=YmMyMTA2

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.