Duas vezes por ano, o movimento da Terra faz com que o Sol se alinhe com o Equador e nos dê horas iguais de dia e de noite. No dia do Equinócio, a noite dura o mesmo que o dia, e é isso que a palavra "Equinócio" significa na sua etimologia: "Noites iguais".

O equinócio da primavera é considerado um período sagrado em termos espirituais, porque ele representa o equilíbrio e a unicidade, lembrando-nos da importância de equilibrar, na nossa vida, a luz e a sombra.

Como traz consigo a primavera, este Equinócio marca uma importante mudança de energia. Se até aqui a Natureza dormia, escondendo no solo a fertilidade dos seus campos, a partir da chegada da primavera despontam os rebentos e florescem as árvores, revestindo-se de vida. As horas de sol avançam, tornando os dias cada vez mais longos, e os animais procuram acasalar, num instinto que nos lembra que é tempo de viver a vida.

Simbolicamente, esta mudança energética representa a passagem do interior para o exterior, o começo de um ciclo, o início de um novo ano astrológico.

No Equinócio da primavera o Sol entra no signo Carneiro, o primeiro do Zodíaco, que traz os impulsos e a vontade de abraçar desafios. A energia do signo Carneiro dá-nos o impulso ideal para começar um novo capítulo ou uma nova fase na nossa vida, empurrando-nos para a frente.

Esta é, por isso, a altura ideal para plantar novas sementes, em sentido literal e figurado, para iniciar projetos, para agir, para se mostrar e expressar. É também a altura ideal para assumir a responsabilidade pela sua vida e libertar-se de tudo aquilo que está a impedi-lo de chegar onde deseja.

A Natureza dá-nos pistas preciosas que nos mostram onde devemos concentrar a nossa energia, por isso entre em sintonia com ela e veja para onde é guiado. O Equinócio da primavera lembra-nos que embora entendamos a luz e a sombra como coisas separadas, a verdade é que cada uma delas só existe por causa da outra. 

Só conseguimos compreender este conceito de unidade se percebermos que são a luz e a sombra, juntas, que fazem o todo, e a partir daí conseguimos ter uma nova perspetiva sobre as situações. Só conseguimos chegar à luz se aceitarmos a sombra que a ela está inerente, e isto é válido para todas as questões da nossa vida.

Seja o que for que os últimos 12 meses lhe trouxeram, aceite as partes mais "escuras" como aprendizagens que foram necessárias. As chamadas "fases negras" são sem dúvida aquelas que mais nos ensinam.

O novo ano astrológico, que começa a 20 de março, ajuda-nos a focar a nossa energia de forma a criar bases mais sólidas para assentar a nossa estrutura, e aquilo que não nos faz sentir segurança terá de ser de alguma forma mudado.

O significado do Equinócio da primavera na nossa vida prende-se acima de tudo com a ideia de renovação, assente no equilíbrio dos opostos e na conciliação do que temos e do que desejamos. Seguindo uma ideia de Thoreau, poeta americano, não há nada de errado em criar castelos no ar, é lá que eles devem estar. O que é preciso é construir, então, os alicerces que vão até eles, para que possam assentar numa base firme. E esta é a mensagem do Equinócio da primavera, é aquilo que a Natureza nos chama a fazer, segundo o seu exemplo e com a ajuda da sua energia materna.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.