Os ciclos lunares provocam a onda contínua da transformação de um estado de consciência para outro estado de consciência de quem somos e que está sempre em proposta de mutação em prole de um reequilíbrio interno, assim o homem flui com o momento, com o que a vida propõe agora …
Este ciclo em particular devolve o movimento da energia de renascimento, para um compromisso connosco próprios, assumir essa responsabilidade, mas sem obrigação, mas sim criar flexibilidade na descoberta e às vezes é apenas, não sermos tão exigentes, duros, connosco próprios… por si só este compromisso é um grande passo para disponibilizar a energia feminina a ser cuidadora de si … sermos mais emocionais do que racionais… só assim se pode equilibrar mente e emoções… experimentar fazer mais o que sentem e menos o que pensam… não é seguro para o ego controlador… pois é… mas é a via de libertação do controle e repressão emocional…
Agora os ciclos lunares tal como disse são um movimento continuo que vai dando a nota dentro da escala para os outros movimentos dos astros e sendo assim fica a questão para este ciclo…
ATÉ QUE PONTO ESTAMOS DISPONIVEIS PARA NOS SENTIRMOS ATRAVÉS DOS OUTROS?

Ou estão num impasse a ver se algo muda, se o cenário vos dá segurança?...
Se assumirem mesmo permitirem sentir-se verão como as emoções libertas parecem fragilizar, mas devolvem uma sensação de alívio, de libertação, experimentem ao vosso ritmo, cada um de Nós tem o seu próprio pulsar e não devemos obrigar-nos… mas pelo menos permitir que se vá revelando…
O que têm a perder?... mas o que têm a ganhar só saberão se ousarem sair das zonas de conforto… onde se reclama da vida, dos outros, os sonhos desfazem-se, os ideais ficam apenas desenhados no campo do imaginário e a vida perde o colorido…
Imaginem este cenário… a vossa criança quer dizer algo que sente, mas tem medo da Mãe que pode não entender, ficar insegura e tem um Pai austero que irá logo criticar e reprimir…
Pois é assim que se cria os mecanismos de controlo, não ajo, fico quietinho e pode ser que não tenha que fazer nada… não dá, esse impasse é fuga, é não querer enfrentar ter uma mudança de atitude é assim que se cria a mágoa das vítimas, é uma fuga que vai de novo reprimir o que deveria permitir agir para SENTIR …
E que tal ser o realizador de um novo cenário no Guião da vida…
Esta descrição é no abstracto, agora peguem nesta analogia e sintam o quanto se obrigam, reprimem o que sentem, para não ter que enfrentar a responsabilidade de fazer algo diferente do já conhecido e seguro… pode ser insegurança, orgulho, rigidez, egoísmo, pena, culpa, até o próprio altruísmo espiritual new age e tantos outros comportamentos internos de atitude emocional desfuncional…
Até onde estou disposto s conhecer-me emocionalmente através do outro?...
Renascer neste ciclo , é neste compromisso connosco próprios, para um dia pudermos voar com as nossas próprias asas… sem culpas, sem ressentimentos, sem arrependimentos … é assim que essas asas crescerão …
Sim quero colorir a minha vida, quero fazer algo para mudar o cenário… então onde estou agora, que sinto de mim através de tudo o que me rodeia… Onde estou com medo de fazer algo novo, diferente do familiarmente seguro?...
Ficar a sonhar, a projectar um futuro diferente e nada fazer é pura ilusão… nada vai acontecer, nada vai mudar… vai fechar o coração com a ferida da frustração, mágoa, conformismo, solidão e sabe lá mais o quê…
A criança triste por não ter podido experimentar algo novo que queria tanto, mas não deixaram…
Nova atitude, nova identidade, mais livre e renascida de si… 2º nascimento na VIDA…
Eu sou a Mãe, o Pai e o Filho…
Eu Sou a Mãe… a nova sensibilidade cuidadora de mim…
Eu Sou o Pai … a nova responsabilidade para comigo…
Eu Sou o Filho … o fruto da nova identidade gerada por o meu compromisso comigo próprio em amor e responsabilidade…
Virão ecos dos velhos padrões, com a repressão emocional do passado, o velho Pai, inseguranças da super protecção da velha Mãe e os medos da velha Criança… mas o parto pode se dar… depende da coragem de cada um em sair das zonas de conforto…
Um Abraço imenso de Amor por todos Nós e que o parto se dê em águas calmas, acolhedoras e que devolvem Amor Próprio…
Ruth Fairfield
Incondicionalmente rendida ao Universo e às Leis da Vida....

Http://sunshineruth.wix.com/astrologia

https://www.facebook.com/ruth.fairfield
https://www.facebook.com/novo.cristal
Contactos telefónicos: 966425493 / 914632063

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.