Abril começa com uma forte energia que favorece a ação: logo no dia 1, o Sol em Carneiro está unido à Lua Nova, no mesmo signo, sendo o início deste mês um dos melhores períodos do ano para desenvolver projetos e apostar em novas ideias. O Sol em Carneiro motiva-nos a superar os limites que nos condicionam e a vencer os nossos medos e crenças que nos limitam.

A Lua Nova em Carneiro é particularmente favorável para impulsionar projetos e pôr em marcha sonhos antigos, sendo também um período bastante propício para o amor e o romance, especialmente no caso de quem está só e deseja encontrar um novo amor ou em relacionamentos recentes. Carneiro é um signo de Fogo, ardente e impetuoso, caraterizado pelo entusiasmo e pela garra que dão motivação e alegria ao coração.

Nesta Lua Nova ainda continua a não haver planetas retrógrados, o que também é favorável para apostar em ideias novas e progredir. Aproveite este período para dinamizar tudo aquilo que deseja ver ganhar força na sua vida, pois tão cedo não voltaremos a ter um período tão propício para a ação. Mercúrio, que também está em Carneiro, forma uma conjunção com o Sol e com a Lua, o que faz com que a nossa mente esteja especialmente ágil e corajosa, incitando-nos a avançar sem medos, mesmo que tenhamos de correr riscos.

Ainda no início do mês, temos como alerta a conjunção entre Marte, que é o regente de Carneiro, o signo que está em destaque, e Saturno, o planeta das limitações, o que pode causar alguns atritos no quotidiano, motivados pela vontade de querer impor pontos de vista à força e pela dificuldade em ceder. Esta conjunção é exata no dia 4, que pode trazer-nos algumas restrições e obrigar-nos a assumir o peso das nossas responsabilidades.

No dia 12 de abril temos um dos acontecimentos cósmicos mais aguardado do ano e que é considerado especialmente auspicioso: Neptuno e Júpiter encontram-se, trazendo a possibilidade de alcançar o inimaginável. Júpiter é o planeta da sorte e da expansão, Neptuno está ligado à força criadora da mente inconsciente. Há 13 anos que estes dois planetas não se encontravam e há 166 anos que não se encontravam no signo Peixes, do qual Neptuno é regente, e que está associado ao sonho e à imaginação.

Antes de Neptuno ser descoberto, Júpiter era considerado o planeta regente de Peixes, pelo que os dois planetas têm uma familiaridade especial com a energia deste signo. Esta fase é especialmente favorável para atrair a realização dos seus desejos — aquilo a que se chama manifestar. Definir aquilo que quer alcançar, expressar com clareza essa intenção e confiar que o que pediu está a caminho pode ganhar uma força especial nestes dias, já que a energia planetária de Neptuno e de Júpiter pode ajudar a alcançar metas que pareciam estar demasiado longe ou ser mesmo inacessíveis. Dedique também mais tempo a atividades como a Meditação e reflita melhor sobre aquilo que procura resolver, pois este período pode trazer-lhe respostas importantes e ajudá-lo a conhecer uma dimensão muito mais profunda das situações.

Todas as atividades relacionadas com a espiritualidade estão especialmente favorecidas neste período — aproveite-o para fortalecer os seus dons e aprofundar os seus conhecimentos, expandindo a sua consciência nestes domínios.

Tenha atenção, contudo, e durante este período evite assinar documentos importantes ou tomar decisões que possam vir a ter consequências importantes. A conjunção de Neptuno e Júpiter deixa-nos cheios de fé e confiança e pode fazer com que não prestemos a devida atenção a detalhes que podem vir a comprometer-nos mais tarde.

No dia 16 de abril a Lua Cheia em Balança traz-nos uma Páscoa em que estão em destaque os afetos, opondo a energia do Sol em Carneiro à Lua em Balança. Esta fase é favorável para apostar no fortalecimento de laços afetivos e, sobretudo, para corrigir desequilíbrios num relacionamento, gerindo melhor as necessidades de cada um, as prioridades e as cedências que ambos precisam de fazer em prol da relação. Saturno forma um aspeto harmonioso com a Lua e com o Sol, o que é bastante favorável para compromissos a longo prazo, trazendo solidez e segurança às ações que forem agora levadas a cabo e às decisões que forem tomadas. A paixão está acentuada, mas também há um certo risco de surgirem conflitos motivados pela luta pelo poder na relação, já que Plutão forma um aspeto tenso à Lua Cheia em Balança.

Abril avança com uma energia sempre bastante propícia à ação mas, à medida que nos aproximamos da reta final do mês, o abrandamento começa a fazer-se sentir. O Sol entra no signo Touro no dia 20, sendo este um dos signos considerados mais "lentos" no sentido em que leva tempo a tomar decisões e a agir. Quando o Sol está em Touro, a impulsividade com que o Sol em Carneiro nos caraterizava cede lugar à apreciação demorada dos prazeres da vida, à ponderação e à reflexão. Quando o Sol está no signo Touro estão favorecidas as atividades que contribuem para fortalecer a nossa segurança material e, mesmo noutras áreas da nossa vida, este período é especialmente benéfico para atender aos detalhes e avançar de forma bastante ponderada, avaliando as situações com sabedoria.

No dia 29 de abril Plutão fica retrógrado, após quase dois meses em que todos os planetas estiveram diretos. A energia de Plutão retrógrado pode remexer com o mais íntimo de nós, com as emoções mais bem guardadas, as paixões que escondemos, os medos que nos assaltam. Plutão está em Capricórnio e por isso mexe, também, com assuntos ligados ao poder e às finanças, e podemos ter importantes desenvolvimentos relacionados com a nossa economia a partir dessa altura — sendo que, como Plutão está retrógrado, estes desenvolvimentos de situações podem implicar, na verdade, atrasos, contratempos e indecisões que nos limitam e condicionam.

A culminar a energia densa que Plutão retrógrado traz, que pode deixar-nos mais impacientes neste final do mês, abril termina com o primeiro eclipse do ano, que ocorre com a Lua Nova em Touro — esta é a segunda Lua Nova do mês e vem acompanhada por um eclipse solar (parcial). Os eclipses trazem acontecimentos inesperados e ajudam a pôr a descoberto situações que nos dão uma perspetiva diferente sobre assuntos-chave nas nossas vidas.

Este ano haverá 4 eclipses, os quais são particularmente importantes porque se desenrolam no eixo de Touro-Escorpião. No último ano e meio, à exceção do eclipse de novembro de 2021, os eclipses aconteceram no eixo Carneiro-Balança. Esta mudança de eixo representa um foco diferente e faz com que sejam postos em destaque outros assuntos nas nossas vidas e outras lições que temos para aprender, ou com que as situações com que nos debatemos sigam rumos diferentes daqueles que estavam a ser percorridos. O eclipse ocorre quando Vénus, que é o planeta regente de Touro, forma uma conjunção com Júpiter em Peixes, o que nos traz boas perspetivas e oportunidades inesperadas no domínio afetivo. Um reencontro mágico ou o aparecimento de um amor que parece estar escrito nas estrelas são hipóteses a considerar.

Os eclipses representam períodos intensos, nos quais pode haver muitos acontecimentos e reviravoltas. Os seus efeitos são sentidos para além dos dias em que ocorrem e, como tal, abril termina com uma notável perspetiva de mudança. Plutão recentemente retrógrado e a Lua Nova em Touro, que põe em destaque a energia da construção e as paixões, e o eclipse solar que pode fazer-nos questionar quem somos e o que queremos são assuntos que dão o mote para o caminho que temos pela frente nos próximos meses.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.